26/08/2013 17:15:52

De vitória em vitória


 Meu nome é Mauro da Silva Santos, casado. Nasci em 15 de setembro de 1964, em Cascavel, Paraná, e meus pais moravam e trabalhavam na zona rural. Minha história é pautada por muitas vitórias sobre incidentes com a saúde. A primeira ocorreu de imediato, quando cheguei ao mundo. Minha mãe conta que, quando nasci, não respirava e a parteira precisou fazer sucção com a própria boca nas minhas vias aéreas, para retirar todo o líquido amniótico que ali estava armazenado.

testemCom dois meses de idade, saíram 18 erupções em minhas costas e minha mãe levou-me a um médico. Ele diagnosticou que eram furúnculos e que nada poderia ser feito, e que eu não suportaria por serem muitos. O local onde morava era completamente desprovido de recursos. O médico, então, mandou-a levar-me de volta para casa e aguardar a minha morte. Segundo minha mãe, eu chorava muito porque, além das dores tinha que ficar deitado de barriga para baixo. Nessa época, o estado do Paraná estava sendo evangelizado por missionárias americanas, que souberam do meu caso pela minha mãe. Elas, então, pediram para me verem. As missioná-rias me pegaram no colo, me levantaram ao alto e me apresentaram ao Senhor. Depois disso, pediram à minha mãe uma navalha e álcool. Elas passaram o álcool nos furúnculos, cortaram cada um deles e os espremeram até que saísse tudo de dentro. Três dias depois, eu estava completamente curado, limpo. Hoje, tenho apenas marcas daqueles furúnculos.

O tempo foi passando e, aos seis anos de idade, caí de uma carroça. Um machado, que também estava na carroça, deslocou-se e caiu com o lado do corte em minha cabeça. Fui socorrido a tempo, mas levei oito pontos na testa. Graças a Deus, mais uma vez, só ficaram as marcas.

Quando já estava adulto, convertido ao Evangelho, certo dia, senti pontadas do lado esquerdo do tronco, próximo ao pulmão, e estava com febre. Procurei um médico que diagnosticou água na pleura. Estava com tuberculose. Então, tirei água da pleura, fiz o tratamento e novamente ficou uma marca. Graças a Deus venci mais essa.

Certo dia, em meu trabalho, peguei um peso além do normal, por isso, precisei ir a um ortopedista. Após os exames, ele disse que eu havia pinçado a coluna. A situação era parecida com a de alguém que sofreu um acidente de carro. O médico, então, fez vários exames: tirou líquido da minha espinha, fez radiografia e constatou um grave problema. Ele disse que a partir daquele dia, não mais poderia usar sapato normal, dormir de travesseiro, deitar no braço do sofá e ficar com os dois pés direto no chão; teria sempre que descansar um deles.

Enquanto fazia fisioterapia, buscava ao Senhor sabendo que só Ele poderia mudar o meu quadro clínico. Então, tive um sonho revelador. “Deus colocava poderes na ponta dos meus dedos. Paralelamente, eu ouvia vozes que me diziam ser impossível. Estranhamente, das pontas dos meus dedos saíam luzes azuis, que me davam poderes até para cortar vidros.” A caminho do hospital para mais uma consulta, mesmo dirigindo, orei ao Senhor dizendo: “Assim como no sonho que o Senhor me deu poder nos dedos para cortar vidros; põe agora, poder sobre as minhas mãos”. Quando parei num sinal vermelho, juntei as duas mãos sobre minha nuca e puxei fortemente o meu pescoço para frente. Ao chegar ao hospital, o médico me examinou novamente, e se espantou ao perceber que minha coluna simplesmente tinha despinçado, e revelou que esse fenômeno é raríssimo. Contei a ele o que havia feito no sinal vermelho e até que havia ouvido um estalo no momento quando puxei o pescoço. Mais impressionado ficou o médico quando constatou radiograficamente que eu estava completamente normal. Agradeci a Deus, mais uma vez, pois Ele havia vencido por mim, contrariando o tenebroso primeiro diagnóstico.

Mas, como disse no início, minha vida seria marcada por muitos incidentes. Depois de um tempo, estava fabricando uma cama de ferro quando o disco de uma máquina estourou e bateu em cima de minha costela do lado direito. O normal seria eu ter tido um grave ferimento, o que não ocorreu. Ainda tenho a marca para comprovar mais um grande livramento. Mas, ainda cortando ferro, quase perdi um dedo. Fiquei com o dedo torto, e mais um “livramento”.

Por fim, recentemente, estava brincando com o meu neto. Sem querer, ele me deu uma cabeçada na testa. No dia seguinte, estava com dificuldades para enxergar. Fiz vários exames e foi constatado que havia perdido 80% da vista do olho esquerdo. A médica, então, me encaminhou a um neurologista. Entretanto, nos últimos seis anos, já vinha tratando de estenose de canal com um neurologista. Começou, então, uma nova odisseia. Por seis meses fui submetido a vários exames e acabaram descobrindo que não se tratava apenas de estenose de canal. Nesse tempo, perdi a força em umas das pernas, sentia muita queimação no pescoço, muita dor de cabeça e fraqueza. Novamente, me agarrei ao Senhor Jesus e disse: “Deus, a tribulação não pode me vencer. Ela me faz crescer em Cristo e conhecer mais o Seu poder”. Reconheci mais o meu limite e cheguei mais perto de Deus. Somente Ele poderia mudar minha situação. Desde o meu nascimento venho tendo tribulações, mas Deus me socorreu em todas.

Novo veredito em 8 de junho de 2009: eu estava com esclerose múltipla, uma doença maligna, que leva a pessoa a atrofiar e ir para a cadeira de rodas. Desde então, faço uso de Beta Feron, mas não fui e não vou para a cadeira de rodas. Trabalho muito, estou forte e tenho certeza que esta doença é para a glória de Deus. As marcas que ficaram dessa esclerose são a perda da visão esquerda e a fraqueza na perna direita, mas, Deus é a minha força e a minha fortaleza, Nele, sou mais do que vencedor, estou firme e forte no Senhor. Certamente, vencerei mais essa batalha para reinar com Ele no Seu reino que não terá fim. Creio firmemente na Palavra do Senhor, que nos afirma categoricamente que “em todas estas coisas somos mais que vencedores por meio daquele que nos amou”. Não há dúvidas de que o Inimigo intentou contra a minha vida, desde o meu nascimento, mas Jesus me livrou de todas essas investidas. As marcas são as provas dessa verdade.

 ::Mauro Silva e Atilano Muradas





BÍBLIA ONLINE

NOTÍCIAS